Suposto médium suspeito de homicídios após cirurgias espirituais em Barreiras se apresenta a policia em Goiás




Foto : Reprodução / TV Anhanguera

O pecuarista Antônio Miguel Rodrigues, de 55 anos, apontado como suposto médium é investigado pela morte de duas pessoas em Barreiras, na Bahia, após a realização de cirurgias espirituais com objetos perfurocortantes, se apresentou à Polícia Civil de Goiás no último sábado (5), em Goiânia. Em seu depoimento, ele negou as acusações.

Além dos casos na Bahia, Antônio também é alvo de apuração sobre o óbito de uma mulher em Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital goiana.

De acordo com informações da TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás, Antônio se apresentou à polícia após receber uma ligação de seu irmão, alegando ter visto uma reportagem na TV relatando que ele estaria "sob investigação de supostos erros em manobras cirúrgicas", onde algumas pessoas teriam sido "lesionadas".

No termo de apresentação espontânea, ao qual a reportagem teve acesso, Antônio se defende dos casos, nega que tenha havido erro nos procedimentos e diz acreditar que as mortes são "suposições de pessoas, aproveitando de uma boa situação financeira" dele com o intuito de "possível indenização reparatória". Ele foi liberado após a oitiva.


Por Juliana Rodrigues / Metro1

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima