ONU reduz perspectivas para crescimento do Brasil em 2019 e 2020



A Organização das Nações Unidas estima que o governo Jair Bolsonaro vai ser pressionado a dar uma resposta para o déficit público e reduziu a previsão de crescimento para o Brasil para os anos de 2019 e 2020.

A redução ficou entre 0,4 e 0,6 pontos percentuais em comparação à previsão feita no ano passado, segundo o informe da entidade sobre as perspectivas econômicas.

A primeira estimativa era de que a taxa de expansão da economia brasileira seria de 2,7% em 2019 e 2,9% em 2020. Agora, o índice está em 2,1% para este ano e 2,5% para o próximo ano.

O crescimento do país vai ficar abaixo da média mundial, que chega a 3% em 2019 e em 2020. A taxa nacional é menos da metade da média dos países emergentes, que foi estabelecida em um crescimento de 4,3% em 2019 e 4,6% em 2020.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.