Governo aponta que lama de barragem não deve chegar ao rio São Francisco



O novo boletim divulgado pelos pesquisadores do Serviço Geológico do Brasil (CPRM), divulgado na segunda-feira (28) à noite, indica que não há possibilidade de a lama de rejeitos da Vale alcançar a usina hidrelétrica de Três Marias, no rio São Francisco.

Este é o segundo relatório de monitoramento publicado pela entidade que tem acompanhado todos os dias a velocidade de deslocamento da lama.

No primeiro boletim divulgado por volta das 11h de segunda, a previsão era de que a lama chegasse a Três Marias a partir do dia 15 de fevereiro.

A lama é resultado do rompimento de uma barragem da Vale em Brumadinho (MG), ocorrido na última sexta-feira (25).

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.