Caso João de Deus: MP prepara terceira denúncia por abusos sexuais


O Ministério Público do Estado de Goiás prepara a terceira denúncia contra João de Deus por abuso sexual de mulheres durante atendimentos religiosos na Casa Dom Inácio de Loyola, em Abadiânia. O médium, que já é réu em outros dois processos pelo mesmo crime, sempre negou as acusações.

João de Deus deve ser ouvido ainda hoje (22) pelo órgão, no Núcleo de Custódia, onde está preso desde o dia 16 de dezembro. A decisão de ouvi-lo no presídio foi feita por questões de segurança. Os promotores querem evitar o deslocamento com escolta até o Ministério Público.

Essa terceira denúncia é baseada em cinco casos de abusos contra mulheres de Goiás e de outros estados. O MP também ouviu outras mulheres, mas como os crimes já prescreveram, os relatos servirão como um embasamento para a argumentação dos promotores no documento.

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima