Caio Castro é condenado a pagar R$ 7 mil por agressão a fotógrafo

Os advogados de André Ligeiro alegam ainda que vão recorrer do valor da sentença, considerado baixo: "Não cumpre a finalidade punitiva”



Caio Castro foi condenado pela Justiça a indenizar o fotógrafo André Ligeiro em R$ 7 mil. A ação movida contra o ex-ator global é referente a agressão sofrida por André durante uma festa de Réveillon, em Trancoso, distrito de Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, em 2016.


Em nota enviada ao portal "Uol", os advogados do fotógrafo afirmam ainda que vão recorrer do valor da sentença, considerado baixo. “A condenação de Caio Castro, diante dos inúmeros elementos de prova, já era aguardada. O reconhecimento do ato ilícito foi a primeira vitória. Vamos recorrer visando a majoração do valor fixado. A nosso ver, a quantia arbitrada não observa a gravidade da lesão e a capacidade econômica das partes, daí porque não cumpre a finalidade punitiva”, diz o texto.


Caio Castro foi condenado pela Justiça a indenizar o fotógrafo André Ligeiro em R$ 7 mil. A ação movida contra o ex-ator global é referente a agressão sofrida por André durante uma festa de Réveillon, em Trancoso, distrito de Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, em 2016.


Em nota enviada ao portal "Uol", os advogados do fotógrafo afirmam ainda que vão recorrer do valor da sentença, considerado baixo. “A condenação de Caio Castro, diante dos inúmeros elementos de prova, já era aguardada. O reconhecimento do ato ilícito foi a primeira vitória. Vamos recorrer visando a majoração do valor fixado. A nosso ver, a quantia arbitrada não observa a gravidade da lesão e a capacidade econômica das partes, daí porque não cumpre a finalidade punitiva”, diz o texto.




Metro1

COMPARTILHAR
Anterior
Proxima