TSE aprova contas da campanha de Bolsonaro com ressalvas



O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou por unanimidade, na noite desta terça-feira(4), com ressalvas, as contas de campanha do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), e do vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão (PRTB).

Após a aprovação, Bolsonaro e Mourão finalmente poderão, na próxima segunda-feira (10), ser diplomados. O ato marca a última formalidade antes da posse, agendada para 1º de janeiro.

Em seu voto, o relator, ministro Luís Roberto Barroso, utilizou o parecer elaborado pela área técnica do TSE, que já havia sugerido a aprovação das contas com ressalvas, apesar de inconsistências encontradas, como o recebimento de doações de fontes não permitidas.

Na avaliação do tribunal, não houve prejuízo ao controle social das doações, pois a plataforma usada para a arrecadação dos valores e a empresa subcontratada para o arranjo dos pagamentos foram previamente cadastradas.

Os ministros Jorge Mussi, Og Fernandes, Admar Gonzaga, Tarcísio Vieira, Edson Fachin e a presidente, Rosa Weber, também acompanharam o voto de Barroso.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.