Bolsonaro manda futuro ministro estudar fusão de órgãos ambientais, diz coluna


Depois de anunciar o advogado Ricardo Salles como futuro ministro do Meio Ambiente, o presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) pediu que ele estude a fusão do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) com o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio). O pedido foi feito durante um encontro entre os dois ao longo dessa semana.

Segundo informações do blog Painel, da Folha de S. Paulo, ambientalistas temem que a medida prejudique os dois órgãos, já que eles possuem atribuições diferentes. O Ibama é responsável por fiscalizar e conceder licenças ambientais, já o ICMBio cuida de áreas de proteção do país.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.