Acadêmicos de quatro cursos da FASB fazem o Enade, em Barreiras






As provas do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) 2018 foram aplicadas no domingo (25) em diversas cidades do País. Em Barreiras, os acadêmicos dos cursos de Administração, Ciências Contábeis, Direito e Psicologia da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB) tiverem uma recepção acalorada pelos professores dos cursos com muito incentivo e um kit especial montado para eles.

Para Juliana de Carvalho Rodrigues, que cursa o 8º semestre de Ciências Contábeis foi uma alegria encontrar com os professores e coordenadores antes de entrar para a sala da prova. “É um estimulo a mais por causa do carinho e o ‘boa sorte’ de todos esses professores, é muito bom receber este incentivo antes da prova. Estou muito tranquila”. O mesmo sentimento foi destacado por Amanda Bretano, que cursa o último ano de Direito na FASB. “A recepção foi maravilhosa, com a entrega do kit, com caneta, bolsa, água, pode parecer simples, mas é extremamente importante pra gente. Agora, o nosso papel é obter um bom resultado na prova do Enade”, falou entusiasmada.

O Exame Nacional de Desempenho de Estudantes teve quatro horas de duração com prova composta por 40 questões de Formação Geral, comum a todas as áreas, e de Componente Específico do curso. O Enade é voltado para estudantes concluintes de bacharelados e licenciaturas em Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e áreas afins.

“A mobilização dos coordenadores e o esclarecimento sobre a prova são muito importantes, sentimos que os estudantes estão mais engajados. Mas o principal é que eles encarem este momento como se fosse um concurso. É uma avaliação da instituição e os estudantes avaliam também, seus conhecimentos. Nós desenvolvemos este conjunto de ações integradas entre a Comissão Própria de Avaliação (CPA), Núcleo de Marketing e apoio da IAESB. É um dia para dizer que estamos apostando nestes estudantes que traçaram uma caminhada na instituição”. Evidenciou o professor Marden Lucena, coordenador da CPA.

Para a Cristiane Pacheco, coordenadora de Direito a acolhida é um incentivo a mais para a realização da prova. “Nós fizemos uma recepção, um acolhimento dos alunos, e também destacamos a importância deles fazerem a prova com seriedade. É importante a instituição apoiar esses alunos nessa reta final. A gente sente que eles estão acolhidos, isso é o mais relevante nesse momento”, ressaltou.










Araticum Comunicação

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.