Parceria entre Secretaria de Agricultura de Barreiras e Abapa distribui sementes de feijão para comunidade do São Vicente





Os pequenos produtores que vivem na comunidade de São Vicente, na região do Rio Branco, a cerca de 70 quilômetros da sede de Barreiras, receberam nesta quinta-feira (29) a visita de técnicos da Secretaria de Agricultura de Barreiras e da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa). A entrega de 200 quilos de sementes de feijão gurutuba, doados pelos produtores João Carlos Jacobsen e Júlio Busato, ambos associados à Abapa, foi o motivo do encontro.


A Secretaria de Agricultura, por meio do Programa Vale Produtivo, ficará encarregada de fornecer aos cerca de 25 agricultores, assistência técnica, correção do solo e horas máquina para garantir a eficiência em todas as etapas produtivas. “Estas parcerias público-privadas são algo imprescindível para o desenvolvimento e o fortalecimento das políticas públicas. A Abapa doou estas sementes que serão repassadas para agricultores de associações que encontram-se regularizadas, como forma de valorizar a organização dos produtores familiares”, destacou o secretário José Marques.


Representando a Abapa, o diretor executivo, Lidervan Morais falou sobre o funcionamento das doações dos produtores da associação para a Prefeitura. “Como forma de fortalecer a agricultura familiar, os nossos associados doarão um total de 850 quilos de sementes para que sejam distribuídas nas diversas localidades de Barreiras. Uma das condições para que o agricultor receba estas sementes é que esteja integrado a uma associação em pleno funcionamento. A Abapa, por meio de seus associados vê nesta ação, uma maneira de contribuir com a agricultura familiar de Barreiras”, disse.


Sobre o Vale Produtivo - Implantado em 2017 pela Secretaria de Agricultura de Barreiras, o Programa Vale Produtivo integra o Projeto Desenvolve Barreiras e garante a agricultores familiares apoio e assistência técnica para a produção de alimentos. Dividido em cinco eixos, o programa atendeu, na primeira fase, de novembro de 2017 a fevereiro de 2018, 18 comunidades dos eixos do Rio Branco e Rio Grande. Os eixos Rio de Ondas, Rio de Pedras e Val da Boa Esperança estão sendo contemplados neste ano de 2018, onde outras 500 famílias receberão os benefícios.



Dircom/PMB

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.