“Baile dos Anos 60” marca a festa da família do Programa Idade Viva, em Barreiras




Vestidos rodados, blusas caracterizadas, alegria e muita descontração marcaram o primeiro Baile Anos 60, na noite dessa quinta-feira (29), na sede do Programa Idade Viva em Barreiras. A festa organizada pela Secretaria Municipal de Saúde reuniu mais de 500 idosos e seus familiares que aproveitaram a noite para curtir os clássicos da década com muita música e brincadeiras.

Com o ambiente todo decorado pelo artista Rondinelly Oliveira em alusão aos anos 60, os embalos do Baile ficaram por conta do DJ Peu Hard. “O objetivo foi alcançado, todos se divertiram e recordaram momentos vivenciados na década de 60, as músicas, as exposições e toda organização foram pensados com muito carinho”, relatou a coordenadora Olívia Bezerra.

Dona Betânia fez questão de acompanhar seus pais Elizabete e Antônio Volgaz ao Baile, acompanhada também de amigos do bairro. “Essas iniciativas de inserir o idoso nesses momentos de descontração e alegria é fundamental para eles que estão na melhor fase da vida e precisa ser vivenciada com alegria. O Programa Idade Viva proporcionou ao longo desse ano várias festas e meus pais sempre ficam empolgados, isso é muito bom”, relatou.

O Prefeito Zito Barbosa que também participou do Baile, estava acompanhado da vice-prefeita Karlúcia Macêdo, do secretário de saúde Anderson Vian, dos vereadores César da Vila, João Felipe e Silma Alves, falou da importância do Programa Idade Viva para o município.

“Esse tem sido o nosso compromisso, cuidar de todos os moradores de Barreiras, e não tem sido diferente com os integrantes desse tão importante Programa. Uma saúde humanizada percorre desde o atendimento em unidades básicas até nos espaços de projetos sociais, e no Idade Viva, nossos idosos são recebidos diariamente com muito carinho e atividades socioeducativas que os inserem em momentos únicos como esse”, disse.

Durante a semana, a equipe multiprofissional do Programa Idade Viva trabalhou a temática anos 60 com todos os integrantes, brincadeiras da época e fatos que marcaram a década foram destaques. “Reviver esses bons momentos que fizeram parte da minha juventude foi muito emocionante, dividimos os assuntos daquela época, relatamos as novidades que hoje são apenas exemplos de superação e evolução, essas festas nos deixam sempre em alto astral, não perco nenhum evento”, disse emocionado aos 89 anos, Joselino Soares.

Recadastramento e novas inscrições

Entre os dias 03 e 07 de dezembro, o Programa Idade Viva inicia o recadastramento para os atuais participantes. Já as novas inscrições acontecerão entre os dias 10 a 14, das 08h ás 14h.

Para efetivar a matrícula é necessário levar a xerox dos seguintes documentos: Carteirinha do Idoso contendo o número do NIS, RG, CPF, comprovante de residência, o Cartão do SUS e duas fotos 3x4 na sede do Idade Viva - Avenida Maia, nº 914, bairro São Pedro em frente ao Hospital Eurico Dutra.

Segundo o secretário de saúde, Anderson Vian, esse procedimento faz parte do processo administrativo para iniciar as atividades em 2019. “Em média, 150 idosos participam por dia do Programa Idade Viva, aqui todos têm oficinas de arte, música, dança, festas temáticas como essa dos ‘Anos 60’, também fazem acompanhamento com clínico geral, psicólogo, geriatra, fisioterapeuta, nutricionista, assistência social, educadores físicos e transporte gratuito’, destacou.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.