PSDB decide não apoiar Bolsonaro e nem Haddad no segundo turno


O PSDB informou na tarde desta terça-feira (9) que a direção nacional do partido não irá apoiar nem Jair Bolsonaro (PSL) e nem Fernando Haddad (PT). A informação foi divulgada pelo presidente do grupo, Geraldo Alckmin, após reunião da Executiva Nacional.

Apesar da neutralidade, a cúpula tucana permitiu que os diretórios estaduais da legenda e os filiados escolham quem apoiar no segundo turno. "O PSDB decidiu liberar seus militantes e seus líderes. Não apoiaremos nem o PT nem o candidato Bolsonaro", afirmou Alckmin.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.