Polícia Federal prende professor por compra de votos no Mato Grosso do Sul



A Polícia Federal prendeu um professor em flagrante por compra de votos em Mato Grosso do Sul nesta quarta-feira (3). De acordo com a PF, foram apreendidos com o professor R$ 800, material de campanha e lista de eleitores que já haviam recebido valores pela adesivagem e compromisso de voto.

A prisão em flagrante ocorreu quando professor foi efetuar pagamento a eleitores para adesivar carros. Além dos adesivos, os eleitores recebiam orientação em quem votar e uma “cola” eleitoral com os números dos candidatos favorecidos.

O professor responderá pelo delito do artigo 299 do Código Eleitoral e pode pegar até 4 anos de prisão, além de multa.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.