Bancada militar dobra o número de deputados na Câmara



A Câmara dos Deputados terá 22 representantes militares no ano que vem, mais que o dobro do número de eleitos no pleito de 2014. Segundo levantamento do jornal Folha de S. Paulo, na eleição anterior, eram 10 representantes das Forças Armadas. Entre os escolhidos pela população estão dois generais da reserva, além de três coronéis e dois capitães.

Treze deles são do PSL, partido de Jair Bolsonaro, candidato a presidente que disputa o segundo turno com Fernando Haddad (PT). O levantamento considerou a ocupação declarada pelos candidatos, identificados como "policial militar", "bombeiro militar", "militar reformado" ou "membro das Forças Armadas".

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), pelo menos 360 militares concorreram ao cargo de deputado federal. No Senado, Major Olímpio (PSL) foi eleito pelo estado de São Paulo.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.