Mutirão de Limpeza no Rio Grande encerra as comemorações da Semana do Cerrado em Barreiras



Encerrando as comemorações alusivas a Semana do Cerrado, a Secretaria de Meio Ambiente e parceiros reuniram centenas de voluntários na manhã de sábado (15), para o mutirão de limpeza nas margens e leito do Rio Grande, nas imediações do Cais e Porto até a ponte Ciro Pedrosa.

Foram retirados entre 10 a 12 toneladas de lixo acumulados dentro do leito do Rio Grande. Durante a ação, os voluntários removeram objetos como cadeiras de ferro, de plástico, porta de geladeira, carcaça de bicicleta, cama de ferro, colchão, vasos sanitários, garrafas de vidro e de plástico, e muitos pneus.

A ação de mobilização, contou com a presença do secretário de meio ambiente e turismo, Demósthenes Junior, da vice-prefeita, Karlúcia Macêdo, do secretário de infraestrutura, João Sá Teles, chefe de gabinete, Marileide Carvalho, subsecretário de agricultura, Rider Castro, agentes da Cootrans, Guarda Municipal, MM Limpeza Urbana, Bombeiros Civis, Bombeiros Militares, 4º BEC, Brigada PrevFogo, Ong. Preservar é Vida, Clube Náutico de Barreiras, Equipe Escongel Contabilidade, Fundação Mundo Lindo, Acadêmicos do curso de Direito da Faculdade Dom Pedro II, Amigos do Mauricio do Cais e Porto com mergulhadores, barqueiros e pescadores.

Para o secretário de meio ambiente e turismo, no mutirão realizado em 2017 foram retirados em média 48 toneladas de lixo, comparado com o mutirão desse ano, o número foi expressamente menor, porém, longe do ideal.

“Durante toda essa semana, buscamos mostrar a diversidade, a riqueza e os cuidados que precisamos ter com a preservação do nosso Cerrado. Iniciamos com a recuperação de nascentes, trabalho que terá continuidade nos próximos dias, e também realizamos a semeadura das sementes de árvores nativas do cerrado, que produzirá mais de três mil mudas. Encerramos essa semana com o mutirão de limpeza, envolvendo entidades parceiras e colaboradores do governo em um só objetivo, chamar a atenção da sociedade para a preservação do nosso Rio Grande. Esse ano a quantidade de lixo foi bem menor referente ao ano passado, mais ainda não é o ideal, retiramos muitos pneus e objetos das mais diversas naturezas do leito do rio, o que revela a falta de consciência da sociedade com a preservação desse bem tão precioso, por isso nossa meta é continuar com essas ações”, destacou Demósthenes Junior.

Todo o lixo recolhido no mutirão de sábado ficará exposto até essa segunda-feira, 17, na Praça Landulfo Alves, como forma de impactar a sociedade e chamar a atenção para o zelo e preservação do Rio Grande, que tem grande importância ambiental e histórica para a cidade. Após a exposição, a Secretaria de Meio Ambiente e Turismo informou que o lixo receberá destinação final adequada.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.