Diagnóstico realizado por acadêmicos da FASB aponta demandas na área de saúde em comunidades de Barreiras




Após acompanharem a equipe da Unidade Básica de Saúde Herculano Faria em visitas aos moradores das localidades de Angélica Ayres (Cotia) e Vereda das Lages, acadêmicos do 10º semestre de Enfermagem da FASB, sob a orientação da professora de estágio Carine Jamille, fizeram um levantamento das principais demandas daqueles pacientes. Como resultado, no sábado (01), foi dedicado a atender os moradores das duas localidades na Unidade Herculano de Saúde, em Barreiras, que abriu suas portas pela primeira vez neste dia da semana.

Os atendimentos consistiram em testes rápidos de HIV, Hepatite B, Sífilis e Hepatite C, além de curativos, vacinação, atendimentos médico, odontológico, pediátrico, rastreamento do câncer de colo do útero, marcação de exames e confecção do cartão SUS. Para a paciente Silvanete Lima Ramos “o evento foi muito importante, pois trabalho durante a semana o que impossibilita vir à unidade de saúde. Já nesse dia pude ser atendida, juntamente com meus dois filhos, esposo e sogra. Considero que outras oportunidades como essa seriam ótimas para toda a comunidade”.

O evento ofereceu ainda alongamento e aula experimental de zumba com Leandro Braga, café da manhã e uma palestra sobre higiene bucal para as crianças com entrega de kits contendo creme dental, escova e fio dental. Os moradores conheceram também detalhes do Setembro Amarelo que intensifica a prevenção ao suicídio e tiveram a oportunidade se intensificar a aproximação com os acadêmicos que os visitaram previamente. Uma via de mão, dupla, conforme relatou o estudante João Carlos. “A ação ampliou meu olhar crítico frente às necessidades do indivíduo, família e comunidade”, disse.

A professora Carine Jamile avaliou com positividade a iniciativa. “Estes mapeamento e diagnóstico situacional realizados pelos acadêmicos foram fundamentais para hoje unirmos forças e oferecermos os serviços a estas pessoas, me sinto orgulhosa de nossos estudantes, certamente sairão da faculdade profissionais mais humanos e dedicados ao próximo”.

Além dos acadêmicos de Enfermagem da FASB integraram o mutirão, equipes de agentes comunitários de saúde, da Guarda Municipal, da Secretaria Municipal de Saúde, Setor de Transporte da Prefeitura e Paróquia São Sebastião.



Araticum Comunicação

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.