Correntina: Ex-presidente da Câmara será solto após pagar fiança de R$ 30 mil

por Francis Juliano
Correntina: Ex-presidente da Câmara será solto após pagar fiança de R$ 30 mil
'Maradona' chegou a ficar foragido / Foto: Reprodução / Facebook


O ex-presidente da Câmara de Vereadores de Correntina, extremo oeste baiano, Wesley Campos Aguiar, recebeu alvará de soltura e terá de pagar R$ 30 mil de fiança para ficar em liberdade. Nesta terça-feira (11), por meio do Diário da Justiça Eletrônico, o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) determinou a medida em acordo com uma ordem dada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde a defesa do vereador tinha entrado com recurso.


Aguiar, que é conhecido por Maradona, se entregou à polícia em 21 de agosto , após ficar foragido desde o final de maio. Ele é acusado de peculato [apropriação ou desvio de bem público] pela Operação Último Tango, do Ministério Público do Estado. A ação foi deflagrada no final de outubro do ano passado e culminou na prisão de Maradona e de mais quatro vereadores. Os suspeitos são acusados de formar uma organização criminosa responsável por fraudar licitações e contratos.


Segundo o MP, eles ainda desviavam verbas mediante pagamento de gratificações indevidas a servidores e exigiam o pagamento de propina de cerca de R$ 50 mil para aprovar projetos do prefeito Maguila (PCdoB). Pelo que apurou o Bahia Notícias, apenas Wesley Aguiar estava fora da Câmara. Ainda sobre a soltura, o ex-presidente da Câmara tem dez dias para pagar a fiança.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.