Barreiras: Secretaria de Saúde promove curso de capacitação e reciclagem para condutores da Administração Municipal



A Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação do Setor de Transportes, promoveu nessa quinta-feira (27) e na sexta (28), o curso de capacitação e reciclagem para os condutores lotados na Prefeitura de Barreiras.

Tendo como principal objetivo o aprimoramento das boas práticas dos condutores da Gestão Municipal, a capacitação trouxe informações e orientações acerca do Código Brasileiro de Trânsito - CBT, utilização de veículos oficiais, direção defensiva, dentre outros. A capacitação, faz parte das ações trabalhadas ao longo de todo mês de setembro, sobre o comportamento no trânsito em que a Prefeitura realizou palestras educativas em escolas, nas empresas, nas instituições públicas e privadas, além de blitz educativas através da Secretaria de Segurança Cidadã e Trânsito e Cootrans, com apoio de instituições públicas de segurança, como a Polícia Militar, Polícia Rodoviária Estadual, Polícia Rodoviária Federal e Guarda Civil Municipal.

Presente no evento, a secretária municipal de saúde destacou a importância desses momentos para os condutores da frota municipal. “Todos nós que conduzimos veículos temos que estar atentos o tempo todo no trânsito. Realizar essa reciclagem é exatamente para reforçar essas informações, por mais que já tenhamos conhecimento das normas e regulamentos, mas ainda temos muito a aprender e as vezes de relembrar. Nesses dois dias, os participantes aprenderem um pouco mais sobre a legislação vigente, a importância de algumas ações preventivas, como o uso contínuo do cinto de segurança e direção defensiva, temas relevantes no cotidiano dos motoristas”, disse Marisete Bastos.

Com a palestra “Políticas de segurança e meio ambiente”, o agente de trânsito Carlos Reis e o diretor de trânsito, Cristiano Rans, destacaram artigos importantes do CTB, como a sinalização do trânsito e sinalização viária, ordem de prevalência da sinalização, importância da sinalização vertical e horizontal, bem como os sinais luminosos, sonoros, regras gerais de circulação, velocidade máxima permitida e a legislação específica para os condutores de emergências.

Depois de assistirem alguns vídeos educativos mostrando as implicações da falta do uso do cinto de segurança no trânsito, o motorista Moura Filho, citou como testemunho as consequências vividas na pele.

“Em 2015, sofri um acidente que me deixou sequelas permanentes. Meu sogro vinha dirigindo e estava um pouco alcoolizado naquele dia, e em determinado momento do retorno para casa, ele perdeu o controle da direção e sofremos o acidente. Sobrevivi porque estava com o cinto de segurança, mas mesmo assim, tive que usar uma bolsa de colostomia por dois anos e fiquei impossibilitado de trabalhar, já meu sogro perdeu a visão esquerda e ainda usa quatro placas de platina no rosto. Isso pode acontecer com qualquer pessoa, por isso é muito importante usar o cinto, seja indo a lugares próximos ou em viagem longa, e digo uma coisa, nunca dirijam depois de consumir bebidas alcoólicas, porque tenho certeza que se não tivesse com o cinto naquele momento, teria morrido”, relatou Moura, emocionado.

A equipe do SAMU ministrou o curso de primeiros socorros com simulação realística com manequins. Os condutores puderam aprender na prática como ajudar vítimas no trânsito com trauma. Já a equipe da PRF encerrou o curso com a palestra de direção defensiva.

Motorista há 33 anos, Manoel Messias relatou a importância desse evento para o seu dia a dia. “Os organizadores desse evento estão de parabéns, essa reciclagem é importantíssima para nos aprimorar e até relembrar alguns detalhes adormecidos sobre educação no trânsito. Esse evento foi muito bem vindo, contribuiu muito para o nosso aperfeiçoamento”, disse Manoel.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.