Abapa celebra Acordo de Cooperação Técnica com prefeitura de Luís Eduardo Magalhães para recuperação de estrada






Mais uma estrada vicinal da região oeste da Bahia será recuperada, garantindo acesso às fazendas produtoras e escoamento da produção agrícola. Na última terça-feira (18), o presidente da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Júlio Cézar Busato e o prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Oziel Oliveira oficializaram a assinatura de um Acordo de Cooperação Técnica que garantirá a recuperação de 60 km da estrada do Alto Horizonte, naquele município. A via vicinal liga fazendas e comunidades rurais às rodovias federais BR 020 e BR 242, beneficiando 300 famílias daquela região.


Para garantir a execução das obras a Prefeitura envolverá diretamente as secretarias municipais de Orçamento, Planejamento e Gestão; Infraestrutura; Agricultura; e Meio Ambiente, além de garantir 100% do óleo diesel necessário para a execução das obras. “Mais uma vez, a união entre o poder público e os produtores convergem para o desenvolvimento econômico e social do nosso município e todo o oeste da Bahia”, afirmou Oziel Oliveira.


Já a Abapa, por meio do Programa Patrulha Mecanizada, garantirá os equipamentos necessários e equipes para execução da obra. Os produtores da região oferecerão apoio logístico aos profissionais que estarão na linha de frente. “É assim, com a união de todos que estamos conseguindo chegar mais longe e garantir aos nossos agricultores e a comunidades do oeste mais condições de transitar. Só temos a agradecer ao prefeito Oziel Oliveira por mais esta parceria com a Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães”, destacou o presidente da entidade, Júlio Busato.


Patrulha Mecanizada - Somente em 2017, os agricultores baianos, por meio do Patrulha Mecanizada da Abapa, revitalizaram 223,2 km de estradas. Desde o início do projeto, em 2013, já foram recuperados mais de 1.300km de estradas, com um investimento aproximado de R$ 30 milhões para a aquisição de máquinas, manutenção e custeio das operações do programa, com recursos dos agricultores baianos, por meio do IBA, Prodeagro, Fundeagro e parceria com os municípios e com apoio dos próprios produtores.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.