Dia D para socialização da BNCC é realizado em escolas municipais de São Desidério




Com o objetivo de melhorar a qualidade da educação e a reestruturação curricular do município, a Prefeitura de São Desidério por meio da Secretaria de Educação realizou durante a quarta-feira, 1º de agosto, nas escolas da rede municipal, o Dia D da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Os encontros para estudo e socialização sobre a BNCC contaram com a participação da secretária de Educação, Iléia Almeida, coordenadores pedagógicos, supervisores, gestores escolares, pais, alunos e aconteceram nas 35 escolas da rede municipal.

Segundo a LDB de 1996, um conjunto de orientações deverá nortear os currículos das escolas nas redes públicas e privadas de ensino no Brasil. A nova BNCC configura-se como um documento de caráter normativo, que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais, que todos os alunos deverão desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica.

“Esse momento é de estudo e socialização do documento para a comunidade escolar e também de repensar a proposta curricular do ensino de São Desidério. A educação é uma responsabilidade de todos, por isso estamos hoje participando desse encontro democrático, para propormos um currículo que garanta as mesmas competências e habilidades para os alunos de todas as escolas do nosso município”, declarou a secretária de Educação, Iléia Almeida.

Na Escola Municipal Germano Rodrigues de Carvalho, houve a apresentação das competências da BNCC e os professores fizeram a apresentação das competências de cada disciplina. “A BNCC vai unificar o ensino e facilitar o desempenho dos alunos nas avaliações externas”, explicou a coordenadora pedagógica, Cleonice Bezerra.

De acordo com a SEDUC, serão cerca de dois meses de encontros e discussões e o objetivo é que antes do fim do ano as novas matrizes curriculares sejam encaminhadas as escolas para análise e apreciação dos professores. “A implementação da BNCC vai contribuir muito para o ensino, pois desta forma o Brasil todo irá trabalhar a mesma linha de conteúdos, valorizando também aspectos da cultura local e melhorar também o acesso dos alunos aos conteúdos”, disse a professora Claudete Hoffman.

Para a estudante Maria Vitória Silva, do 7º ano, “é interessante esse encontro porque se torna um dia diferente na escola, um dia de discussão para a melhoria do aprendizado do aluno”.



ASCOM/Prefeitura de São Desidério

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.