Brasil diminui emissão de gases e antecipa meta de 2020 sobre Mudança do Clima

Imagem ilustrativa

O Brasil diminuiu em mais de 2 bilhões e meio de toneladas a emissão de gás carbônico, entre 2016 e 2017, antecipando o cumprimento da meta brasileira firmada no Acordo de Paris sobre a Mudança do Clima.
De acordo com o secretário de Mudança do Clima e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Thiago Mendes, a redução do desmatamento contribuiu com a queda da emissão do gás antes do prazo estabelecido, para 2020.

A gestão de áreas protegidas, como terras indígenas e unidades de conservação, também contribuiu para a diminuição da emissão de dióxido de carbono, chegando a uma queda de 358 milhões de toneladas em terras indígenas e 440 milhões de toneladas em unidades de conservação.

O CAR – Cadastro Ambiental Rural –, segundo o Ministério do Meio Ambiente, também contribuiu com uma redução de 277 milhões de toneladas.

As informações foram divulgadas nesta quinta-feira (09), durante evento de posse de novos membros do Fórum Brasileiro de Mudança do Clima, no Palácio do Planalto.

O presidente Michel Temer assinou uma carta encaminhada ao fórum na qual cobra a elaboração de uma proposta para o Brasil zerar as emissões líquidas de gases de efeito estufa até 2060.

RadioAgência Nacional

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.