Banda Municipal 26 de Maio compartilha aprendizado e experiências no intercâmbio com Orquestra Sinfônica da Bahia







Sons melodiosos, dedicação, aprendizado e ensaios marcaram o intercâmbio artístico da Banda Municipal 26 de Maio com os mestres da Orquestra Sinfônica da Bahia (OSBA) no Teatro Castro Alves em Salvador. Durante os dias 29 e 30 de julho, os 12 músicos barreirenses assistiram apresentação do concerto, visitaram os bastidores, e trocaram experiências com os componentes da renomada sinfônica baiana.

O encontro foi viabilizado pela Secretaria de Educação, Cultura, Esporte e Lazer por meio da Diretoria de Cultura em parceria com a Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), com o objetivo de aprimorar o desempenho dos instrumentistas da Banda, que ficaram com os olhos atentos a cada novo acorde, a sonoridade e afinação dos instrumentos.

O maestro Fábio Menezes qualifica o intercâmbio como um momento único, que oportunizou a troca de experiências e a emoção de assistir o concerto sinfônico no auditório do Teatro Castro Alves. Ele ainda conta que durante toda a segunda-feira, o grupo começou as atividades na sala de ensaios da OSBA, com a oficina sobre conservação e lutheria em metais e madeiras, ministrada por Emerson Araújo, professor da OSBA.

"É de grande relevância para nosso aprimoramento esse intercâmbio, pois levando em consideração que não temos uma faculdade de música, o que colhemos aqui levaremos para os demais músicos", comentou o maestro Fábio.

Ainda na manhã de segunda-feira, as dinâmicas foram coordenadas pelo professor Jean Marques que compartilhou suas experiências musicais num bate-papo sobre formação e mercado de trabalho no campo da música. Durante a roda, os músicos puderam comentar as suas expectativas na carreira e falaram sobre as dificuldades e importâncias de sair de Barreiras para conhecer detalhes da orquestra em Salvador.

Quem encerrou as atividades pela manhã, foi o professor Lucas Robatto numa oficina sobre afinação de instrumentos de sopro. Por mais de uma hora, os olhares e ouvidos estiveram bem atentos a tudo que era dividido. As principais dúvidas entre eles era no que se tratava da utilização de equipamentos eletrônicos na ajuda da afinação. "Esses ensinamentos vão influenciar bastante na minha carreira, pois sairei daqui buscando ser um profissional mais qualificado", relata o saxofonista da banda, Wallas Silva.

No período da tarde, os integrantes da Banda Municipal 26 de Maio, fizeram uma Visita Guiada por todo o Complexo do TCA. O indicador do teatro, Daniel Almeida, iniciou a atividade no foyer, com direito a subida ao terraço com vista para o Largo do Campo Grande. Em seguida os integrantes entraram na Sala Principal do TCA e tiveram acesso aos fundos do palco e a todo o centro técnico: depósitos de acervos cenográficos e oficinas, além das salas de ensaio. Para finalizar, os músicos visitaram a Oficina de Moldes e Costura, Acervo de Figurino, a Esplanada do TCA e a Concha Acústica.

A Banda Municipal 26 de Maio tem 28 anos de fundação e em 2017 foi declarada como patrimônio cultural e imaterial de Barreiras. Diversificada, atualmente conta com músicos entre 12 a 77 anos, como Davi Gabriel, de 12 anos, que mesmo tímido, relatou que gostou da atividade: "Foi bem proveitoso, eu gostei da experiência de viajar, conhecer outros lugares e outros músicos", contou o saxofonista da Banda. A Funceb disponibilizou o Pouso das Artes - residência artística que atualmente dispõe de 14 leitos - para hospedar os músicos durante a estadia em Salvador, como forma de apoiar esta ação.

Fonte de Dados: Assessoria de Imprensa Funceb

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.