Viagens de Temer obrigarão Eunício e Rodrigo Maia a deixarem o país


Viagens de Temer obrigarão Eunício e Rodrigo Maia a deixar o país
Candidatos não podem assumir o Planalto | Foto: Reprodução / EBC


Com mais duas viagens programadas para julho, a saída do presidente Michel Temer (MDB) do Brasil vai obrigar o presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM) e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), a deixar o país se quiserem participar das eleições em outubro.

Os parlamentares não podem assumir a presidência por causa do prazo de desincompatibilização. Maia e Eunício devem ser candidatos à reeleição em seus cargos e não poderiam assumir o Planalto durante as viagens de Temer. De acordo com a Coluna Expresso, o presidente vai para Cabo Verde no meio do mês e, no final, deve emendar uma passagem pelo México e pela África do Sul.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.