Empresa de Luís Eduardo Magalhães aumenta lucro em 365% com inovações





Há cinco anos a empresária Meyres Rocha decidiu montar um negócio no município de Luís Eduardo Magalhães, no Oeste da Bahia. O intuito era conectar pessoas - foi quando criou a Contracta RH, hoje com o nome de Contrate BA. A empresária diz ainda que os primeiros anos da empresa não foram fáceis, mas de muito aprendizado. E com a implantação de inovações no negócio, o lucro da Contrate BA até julho de 2018 cresceu 365% em comparação com o mesmo período do ano passado, valor maior do que todo o lucro da empresa durante o ano de 2017.

A ideia de trabalhar no segmento surgiu após a formação da empreendedora em Gestão de Pessoas. “Inicialmente, atuávamos apenas com agenciamento, recrutamento e seleção, depois percebemos a necessidade de expandir nosso negócio e começamos a trabalhar com terceirização de mão de obra”, pontuou Meyres. Para que seu negócio desse certo, era necessário investir em inovação, deixando de lado alguns conceitos e experiências tradicionais, criando novidades e soluções. Foi aí que a empreendedora procurou a ajuda do Sebrae. “O Sebrae teve um papel importante nesse processo. Em 2017, eu fiz o Empretec, que mudou a minha percepção empresarial, e agora o programa ALI, que está me ajudando a organizar pontos importantes no meu negócio. Só tenho a agradecer”, finalizou.

Em julho do ano passado, a empresa foi selecionada para participar de um projeto nacional de inovação do Sebrae, que tem a parceria do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) - o programa Agentes Locais de Inovação (ALI). A partir daí, passou a ser acompanhada por uma agente do programa, Tatiana Nascimento, que avalia a empresa de Meyres como uma das mais inovadoras do Oeste da Bahia. “A inovação começou com a identidade visual da empresa, que foi modernizada para melhor atender seus clientes, colaboradores e parceiros. Dessa forma, a Contracta RH tornou-se Contrate BA, profissionalizando ainda mais a sua prestação de serviços, com o apoio do Sebraetec”, destacou.

Com o auxílio do ALI, a empresa fez várias ações. Dentre elas estão o pedido de registro de marca; pesquisa de mercado e estudos sobre o setor e inovação; elaboração do Planejamento Estratégico para 2018/2019 e de norteadores estratégicos (missão, visão e valores); desenvolvimento do modelo de negócios por meio do Canvas. As mudanças também incluíram investimento em divulgação em revista e rádio; confecção do uniforme novo; implementação de novos serviços; melhoria da experiência do cliente; cadastro em listas telefônicas digitais e no Portal de Negócios IEL; presença no Google e criação do WhatsApp Profissional.

A agente do Sebrae conta ainda que a Contrate BA fez planejamento para atuação em mídias sociais (Facebook, Instagram e LinkedIn) e consultoria a distância para melhorar seu atendimento ao cliente. “Além de tudo isso, a empresa contratou a criação de um website, que já está quase pronto e, com isso, a empresária já vislumbra grandes oportunidades. E já existe um desejo de melhorar a experiência dos clientes com a consultoria de design de ambiente interno e externo, a implantação do Modelo de Excelência de Gestão (MEG), renovação dos Programas de Preveção de Riscos Ambientais (PPRA) e de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO) e entrada em novos mercados”, frisou Tatiana.

Projeto Cadastro Solidário

A empresa também criou o Projeto Cadastro Solidário, em que as pessoas faziam o cadastro do seu currículo para se candidatar a vagas de emprego no município, sem pagar a taxa de adesão. Para isso, levavam apenas 1 kg de alimento não perecível. As doações foram entregues a 30 famílias em vulnerabilidade econômica, indicadas pela Associação Desportiva Santa Geração, na véspera da Sexta-Feira Santa. Ações como essa levaram a coordenação estadual do ALI a visitar o empreendimento e parabenizar toda a equipe, elogiando a participação proativa, já que a empresa realiza todas as ações sugeridas pelo agente local de inovação, inclusive os cursos oferecidos pelo Sebrae.

Programa ALI

O Programa Agentes Locais de Inovação (ALI) tem o objetivo de promover a prática continuada de ações de inovação nas empresas de pequeno porte, por meio de orientação gratuita e personalizada. A iniciativa é um acordo de cooperação técnica entre o Sebrae e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Esta orientação é realizada por agentes e bolsistas do CNPq, selecionados e capacitados pelo Sebrae para acompanhar um conjunto de empresas. O programa tem abrangência nacional e está consolidado como estratégia e diferencial de competitividade para pequenos negócios.

O gerente regional do Sebrae em Barreiras, Emerson Cardoso, explica que os agentes locais de inovação visitam os empreendimentos, apresentam soluções e criam oportunidades de mudanças que geram impacto direto na melhoria de produtos, em processos, na identificação de novos nichos de mercado e em oportunidades para a empresa inovar. “Há uma ideia de que inovação é só para os grandes empreendimentos, que é algo caro. Muito pelo contrário. Inovar, atualmente, é muito simples. É você criar ou modificar algo na empresa que gere divisas ou reduza os custos. Com os agentes locais de inovação orientando os empresários, isso fica muito mais tangível”, garantiu Emerson.

Mais informações sobre a adesão ao programa ALI podem ser consultadas na sede do Sebrae em Barreiras, que fica na Avenida Benedita Silveiro, 118, Edifício Portinari, Centro, ou pelo telefone (77) 3611-3013.



Agência Sebrae de Notícias Bahia

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.