Formosa: quantidade de lixo retirado do leito e margens do Rio Preto assusta








A Secretaria do Meio Ambiente de Formosa do Rio Preto (Semmarh) promoveu um grande mutirão de limpeza nas margens e leito do Rio Preto, no perímetro urbano, em um trecho de aproximadamente um quilômetro.
“Retiramos pneus, ferragens de cadeiras, pedaços de canos de PVC e outros resíduos de dentro do rio, até uma capota de trator foi encontrada”, relata o bombeiro civil Reudomar Lima, um dos mergulhadores voluntários que ajudaram na ação.
O prefeito Termosires parabenizou os participantes. “A nossa gestão, através da Secretaria do Meio Ambiente, vem desenvolvendo um grande trabalho, promovendo ações de educação ambiental que envolvem toda a comunidade. Parabéns a todos que colaboraram com o mutirão, dando exemplo de cidadania e incentivando a preservação”, enaltece.
Além das sacolas, plásticos diversos, carcaças e sucatas de mais de cinco veículos retirados das margens do afluente do Rio Grande, chamou a atenção a quantidade de lixo doméstico. “Recolhemos muitas fraldas descartáveis jogadas próximo ao rio. Havia muita sujeira. A população precisa ter mais consciência e cuidar desse bem tão precioso”, reforça o brigadista voluntário Alexandre Souza que coordenou uma das equipes.
O mutirão de limpeza contou com a participação de toda a equipe da Semmarh e do Conselho Municipal do Meio Ambiente; com a parceria das secretarias de Infraestrutura, Serviços Públicos e Saneamento, de Educação, de Saúde e de Transportes, dos Bombeiros Civis - Comandante Gutemberg, da Associação de Brigadistas Voluntários, da SLC Agrícola, do Sargento Tairone Nunes, da Vialimp, de Heitor Gomes, do professor Kelcy Cerqueira e das escolas estaduais.
“Foi uma das principais ações da nossa 1ª Semana do Meio Ambiente, pois mostra para a comunidade que a nossa principal referência natural, o Rio Preto, requer o compromisso de todos”, ressalta o secretário de Meio Ambiente, Leanderson Barreto, acrescentando que “em apenas uma manhã recolhemos um volume de lixo que encheu quatro caçambas (30 metros cúbicos), ou seja, além de retirar esses resíduos estamos mostrando com a exposição de parte desse lixo em praça pública que precisamos parar de descartar esses materiais no rio”, adverte Leanderson.


Ascom/Prefeitura de Formosa

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.