Barreiras: Jovem denuncia ter sido espancada pelo ex namorado que não aceitava fim de relacionamento



Uma jovem que mora no município de Barreiras, no oeste da Bahia, denunciou ter sido espancada pelo ex-namorado por ele não aceitar o fim do relacionamento de dois anos.

O crime ocorreu no último sábado (26), mas a auxiliar odontológica Thuany Fernandes ainda está com vários hematomas pelo corpo. O suspeito, Leilton Pablo Sipaúba de Souza, se apresentou à polícia acompanhando de um advogado, mas foi liberado para responder ao processo em liberdade.

"Ele nunca apresentou nenhum comportamento agressivo. Sempre foi muito carinhoso, prestativo. Eu jamais poderia imaginar que ele fosse capaz de fazer isso comigo", disse a vítima.

No dia do crime, Thuany conta que o suspeito chegou até ela e pediu para conversar, mas ela negou e ele teria ficado irritado. O homem começou a agredir a mulher e só parou depois da chegada de vizinhos.

"Foi em torno de meio hora ou vinte minutos, até os vizinhos me socorrerem. Ele me jogou para fora, me deu uma rasteira e eu desacordei. Depois disso, ele continuou me batendo, me chutando", disse a jovem.

O ex-namorado foi enquadrado na Lei Maria da Penha e a Justiça já o proibiu de tentar se aproximar ou de fazer contato com a vítima.

"Ela vai ser acompanhada pela Ronda Maria da Penha, um trabalho desenvolvido pela Polícia Militar, e o Centro de Referência de Atendimento à Mulher já se colocou à disposição para dar todo o suporte psicológico e de assistência social que forem necessários a essa vítima", disse a delegada Cláudia Duarte, que investiga o caso.

Segundo a delegada, somente em 2018, mais de 300 ocorrências de violência contra mulher foram registradas em Barreiras. Desses, 230 já foram encaminhados para a Justiça.


g1 Bahia

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.