Abapa leva curso de operadores de máquinas agrícolas para Cocos, Correntina e Muquém do São Francisco, no oeste da Bahia





As capacitações promovidas pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) por meio do Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia (CTPT) estão sendo levadas para os moradores das cidades de Cocos, Correntina e Muquém do São Francisco, no oeste da Bahia. Em parceria das prefeituras, a Abapa promoveu, ao longo deste mês de junho, cursos para aperfeiçoar a mão de obra local para trabalharem nas propriedades rurais da região. Foram beneficiados um total de 80 pessoas por meio de cinco turmas que foram capacitadas em Operação e Manutenção de Máquinas Beneficiadoras de Algodão, Operação e Manutenção de Trator Agrícola e NR 31.8 de Segurança do Trabalho para Aplicação de Defensivos Agrícolas.

Em Cocos, o curso de “Operação e Manutenção de Trator Agrícola”, com carga horária de 40 horas/aula, se encerra nesta sexta-feira (29). Parceiro da Abapa, o prefeito de Cocos, Marcelo de Souza, conferiu as atividades, que segundo ele, vai facilitar o acesso dos moradores da cidade ao mercado de trabalho. "Esperamos que seja o primeiro de uma série de cursos gratuitos apoiados pelos produtores rurais, por meio da Abapa, que vai facilitar o acesso ao emprego das pessoas em nossa cidade", afirma. Já o prefeito de Correntina, Nilson José Rodrigues, entende que com a capacitação todos saem ganhando. “Ganha a empresa que passa a ter profissionais capacitados; o trabalhador que tem emprego; e toda população é beneficiada de forma geral. Agradeço a Abapa e o Senai por essa parceria”, afirmou o prefeito.

Em Correntina, foram formadas as duas primeiras turmas de operadores de máquinas, e os participantes já passaram por processos seletivos e começaram a trabalhar em propriedades e usinas de beneficiamento da região. É o caso de Zereinaldo Neiva de Souza, de Correntina, que ficou agradecido ao participar do curso, e hoje já está com emprego garantido em uma fazenda. “Foi uma ótima oportunidade. Antes, eu ficava mais ajudando na roça da família, e agora com um salário fixo vai ajudar muito a mim e a minha família, além de ser próximo de casa”, afirma. Os cursos foram realizados em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Barreiras, SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) e SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial).

O presidente da Abapa, Júlio Busato, afirma que os produtores rurais do oeste da Bahia estão fazendo a sua parte ao apoiar na capacitação a mão de obra para o setor agrícola, que exige condições técnicas e de segurança do trabalho para a operação dos equipamentos no campo. Criado em 2010 o Centro de Treinamento Parceiros da Tecnologia (CTPT) capacitou até o ano de 2018, cerca de 15 mil pessoas que participaram de um total de 558 cursos ligados às normativas de segurança do trabalho, operador de máquinas e colheitadeiras, produção e beneficiamento do algodão, dentre outros. Para saber mais sobre as ações da Abapa, acesse:www.abapa.com.br, www.facebook.com/abapaalgodao, ou www.instagram.com/abapa_algodao.


Assessoria de Imprensa Abapa

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.