Tragédia em Wanderley: Homem mata cunhado, atira na irmâ e possivelmente comete suicídio




Um homem assassinou o cunhado, tentou matar a esposa do cunhado e morreu ao atear fogo na residência das vítimas nesta terça-feira (15), por volta de 07h 00 da manhã, no município de Wanderley, no Oeste da Bahia. O primeiro alvo do criminoso identificado por Paulo Teixeira de Souza, de 32 anos, vulgo “Paulinho”, foi Francisco Macedo dos Anjos, de 55 anos. Em seguida, ele apropriou-se da motocicleta da vítima e seguiu para o povoado de Lagoa dos Bois, na zona rural, localizado a aproximadamente dez quilômetros da cidade, onde tentou assassinar a tiros sua irmã Adelisa Teixeira de Souza, de 43 anos (esposa do Francisco).

A Polícia Civil declarou que o autor dos crimes (Paulinho) teve o corpo queimado e morreu dentro da residência. Adelisa sofreu graves queimaduras, mas foi socorrida por seu irmão, que chegou ao princípio do incêndio e a resgatou. Logo depois, ela foi encaminhada para o hospital do município e imediatamente transferida para o Hospital do Oeste, devido à gravidade das lesões.

O crime é investigado pelo delegado de polícia Francisco Carlos de Sá, que prefere não antecipar informações sobre o caso. “O delegado está apurando as circunstâncias do ocorrido e promete emitir um ‘releasing’ à imprensa, assim que as investigações forem concluídas”, comentou o Agente Investigador Deiró, plantonista da unidade operacional de polícia judiciária.

Ainda de acordo com Deiró, somente por meio de interrogatório da vítima (Adelisa) e apuração do Departamento de Polícia Técnica a equipe de investigação da Polícia Civil poderá esclarecer a causa da morte do criminoso, tendo em vista que, o corpo ficou totalmente carbonizado e não possui lesões aparentes provocadas por arma de fogo. “Ainda é prematuro dizer que ele cometeu suicídio”, completou.

O corpo de Paulinho seria encaminhado para o município de Barreiras, onde será examinado pela polícia científica no IML do DISEP/SESI.


Alo Alo Salomão

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.