São Desidério: SEDUC, SEAGRI e CAE realizam orientação para pequenos produtores fornecedores do PNAE




Com o objetivo de orientar os pequenos produtores da agricultura familiar que fornecem produtos para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), a prefeitura por meio das Secretarias de Educação (SEDUC), de Agricultura e Desenvolvimento Econômico (SEAGRI) em parceria com o Conselho Municipal de Alimentação Escolar (CAE), realizou na manhã de hoje, 17, uma reunião de acompanhamento para distribuição dos produtos.

A diretora de agropecuária da SEAGRI, Isterffannye Oliveira, falou sobre procedimentos de higiene, armazenamento, conservação, transporte e distribuição dos produtos. “Levamos informação para que os alimentos cheguem com qualidade nas escolas, indicando qual a melhor forma de proceder neste ciclo, buscando adequar à realidade do pequenoagricultor”, explica.

Este ano, 50 projetos de produtores individuais e de duas cooperativas foram habilitados pela Chamada Pública do PNAE. A Secretária da SEDUC, Iléia Almeida lembra que o acompanhamento é necessário para que todas as etapas do processo sejam seguidas de forma satisfatória. “Por parte dos fornecedores, os contratos já existentes precisam obedecer às exigências legais de qualidade, por isso a importância desses encontros de orientação, nós também estamos lutando para atender o que determina a Lei 11.947/2009”.

A secretária afirma que a meta é atingir o mínimo de 30% do valor repassado a estados, municípios e Distrito Federal pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o PNAE, que deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e que a secretaria está se organizando para melhorar o sistema de armazenamento municipal. “Temos muitos desafios, o processo do produto até chegar á escola, é longo e precisamos estar preparados para que seja feito da melhor forma”, conclui Iléia.

Para o pequeno produtor Luiz José de Oliveira, o encontro foi um momento esclarecedor. “Nós precisamos desse apoio e pudemos falar também sobre muitas dificuldades enfrentadas, mas a partir de agora já temos também muitas informações que podem ser aplicadas na prática”, confirma.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.