Município de Barreiras reivindica aos órgãos competentes a atualização de sua malha territorial


O procurador geral do município de Barreiras, Túlio Viana, juntamente com o secretário de meio ambiente e turismo Demósthenes Júnior, cumpriram agenda em Salvador na Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) e na Diretoria do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com o objetivo de reivindicar a revisão dos limites territoriais de Barreiras na malha do IBGE, que ainda continuam os estabelecidos pela revogada Lei Estadual Nº 12.906/2013, que atualizou os limites dos municípios que integram o Território da Bacia do Rio Grande.

Com a revogação dessa referida lei foram restabelecidos os limites territoriais de Barreiras, devolvendo a demarcação original do município, com a recuperação de mais de 30 mil hectares de área que tinha sido transferidas para o município de Luís Eduardo Magalhães, mas que mesmo tendo a lei sido revogada, os dados ainda não foram atualizados no sistema do IBGE.

Na companhia do secretário estadual de desenvolvimento urbano, Demir Barbosa, os representantes de Barreiras se reuniram com a diretora Elaine Boaventura e demais representantes da SEI onde o procurador Túlio Viana explicou a necessidade de atualização dos limites do território do município no sistema do IBGE de acordo com a Lei nº 13.558/2016.

Em seguida houve uma nova reunião com representante do IBGE, sendo que o mesmo reconheceu a necessidade da aplicação da malha territorial anterior, como também debateram os impactos sócio econômicos da não atualização da malha municipal que já foi definida pelo Estado, junto ao sistema do IBGE, tendo em vista a realização do novo Censo Agropecuário, na qual o último foi realizado há mais de dez anos, e que é a principal ferramenta para dados estatísticos sobre estabelecimentos rurais e produção agropecuária do país.

O Censo Agropecuário é essencial para dimensionar as áreas cultivares bem como as de preservação ambiental, se tornando um importante instrumento para definição de políticas públicas para o território em diversos setores razão pela qual se faz necessário atualização da malha do município.






COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.