Luís Eduardo Magalhães: Dois mestres de capoeira são presos suspeitos de estuprar alunos com idades entre 10 e 20 anos



Dois mestres de capoeira foram presos suspeitos de abusar sexualmente de pelo menos dez alunos, com idades entre 10 e 20 anos, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia. Eles foram detidos na terça-feira (8), e apresentados pela polícia na manhã desta quarta (9).

A dupla, que não teve as identidades reveladas, ensinava em um projeto social do município. Era no local onde eram oferecidas as aulas que eles aliciavam as crianças e adolescentes.

De acordo com a polícia, os suspeitos enganavam as vítimas e as levavam para a casa de amigos e hotéis, onde cometiam os abusos e estupros. Depois do crime, as crianças e adolescentes eram ameaçados para que não contassem à família.

Apesar disso, uma das vítimas contou ter sofrido abuso sexual ao pai, que procurou a polícia para registrar a queixa. A partir daí, as investigações começaram e os dois suspeitos foram presos.

Um dos homens é professor da prefeitura de Luís Eduardo Magalhães e foi detido durante o trabalho. O outro homem foi preso em casa. Eles foram levados para a delegacia e vão responder pelos crimes de estupro de vulnerável e ameaça.

Em nota, a prefeitura de Luís Eduardo Magalhães informou que pediu exoneração imediata do suspeito que é servidor publico e disse que não concorda e não compactua com esse tipo de comportamento.


G1 Bahia

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.