LEM: Campanha contra o Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes termina com reunião da Rede de Proteção






A Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social, em parceria com a Rede de Proteção e Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente realizou nesta terça feira (22) a 2ª Reunião Descentralizada da Rede de Proteção dos Direitos da Criança e do Adolescente do município.

A finalidade, que encerrou a Campanha de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes realizada durante o mês de maio, foi discutir e deliberar sobre estratégias de combate a esses tipos de violências.

Pela manhã, aconteceram atividades como uma palestra sobre o abuso e a exploração sexual e o trabalho infantil com a equipe do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). Também aconteceu uma oficina de discussão sobre o tema com a psicóloga do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), Alexsandra Bender, e assistente social, Gillene Carvalho.

Para a secretária de Trabalho e Assistência Social, Rose Sanderson, afirmou que dialogar e discutir estratégias e formas de proteção foi o principal foco da campanha neste ano. “O intuito foi de evoluir no processo de erradicação da violência, do abuso e da exploração sexual de crianças e adolescentes no município”, frisou.

A campanha foi encerrada em Luís Eduardo Magalhães no início da noite após o treinamento feito pelo consultor e Procurador Regional da república no Distrito Federal, Guilherme Schelb. O tema tratado foi A Prevenção ao Abuso Sexual.

O consultor apresentou orientações legais e práticas para prevenção e identificação de situações suspeitas, nas quais a criança ou adolescente pode ser vítima de abuso sexual e em como lidar com a vítima e encaminhar o caso.

A violência contra a criança e o adolescente é um problema que atinge milhares de vítimas de forma silenciosa e dissimulada. Trata-se de um problema que atinge ambos os sexos e não costuma obedecer nenhuma regra como nível social, econômico, religioso ou cultural.

Campanha de Enfrentamento ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes teve, ao longo do mês, diversas atividades, como palestras educativas em escolas da rede pública municipal, blitze educativas e caminhadas.

Ascom/Prefeitura de Luís Eduardo

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.