Governador autoriza obra de abastecimento para Sítio do Rio Grande, em São Desidério



O governador da Bahia, Rui Costa, esteve, nesta sexta-feira (4), em São Desidério, na região oeste, onde assinou a ordem de serviço para o início da construção de sistema de abastecimento de água tratada para o distrito do Sítio do Rio Grande. Com recursos do Fundo Estadual de Erradicação da Pobreza (Funcep), orçados em R$ 1,092 milhão, a obra será executada pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, por meio da Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). O sistema vai contemplar uma captação, estação de tratamento, reservatório com capacidade de cem mil litros e 3,3 quilômetros de tubulação para atender aos 1,8 mil habitantes da localidade.

Durante a solenidade, ocorrida na sede municipal de São Desidério, o governador Rui Costa reafirmou o compromisso em ampliar o serviço de água tratada para a população baiana, principalmente na zona rural. “Ao garantir o acesso à água de qualidade, estamos levando mais saúde para mais pessoas”. O prefeito de São Desidério, José Carlos da Silva, ressaltou a relevância turística do Sítio, um dos maiores do município. “Às margens do rio Grande, o Sítio atrai muitos turistas de toda a região, principalmente durante os festejos de São João, sendo o sistema de água tratada fundamental para a saúde de quem mora e visita a localidade”, afirma.

Outros investimentos | Durante a solenidade, o governador Rui Costa anunciou a autorização para ser licitada, no total de R$ 11 milhões, a primeira etapa da obra de esgotamento sanitário da sede municipal de São Desidério. Dentre outros investimentos em abastecimento, o Governo do Estado também vem investindo R$ 5,3 milhões para a ampliação de um sistema já existente em Barreiras, para estender a rede distribuidora para atender 3,3 mil moradores das localidades do Barrocão de Cima e de Baixo, Gameleira, Bebedouro e Passagem Funda. Em Mansidão, foram liberados R$ 1,6 milhão para executar obra do sistema para abastecer futuramente cerca de 2 mil habitantes dos moradores de Barreiro, Poço do Meio e São José. As obras de água serão executadas pela Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, por meio da Embasa, com recursos do Funcep.

Assessoria de Comunicação da Embasa
Unidade Regional de Barreiras (UNB)

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.