Servidores que vão trabalhar no LACEN de Luís Eduardo Magalhães recebem treinamento





Os servidores que vão trabalhar na unidade de Luís Eduardo Magalhães do Laboratório Central (Lacen), passaram hoje por um treinamento e aprenderam a manusear um equipamento de última geração, capaz de realizar dois mil exames por hora e diagnosticar diversos tipos de vírus.

O trabalho foi comandado pela Coordenadora da Rede Estadual de Laboratórios de Saúde Pública da Bahia, Eliene Macedo Barreto, que abordou também os benefícios da vinda do Lacen para o município.

“Luís Eduardo Magalhães terá um laboratório avançado, capaz de dar resposta imediata a alguns agravos importantes de saúde pública, a exemplo da zika, chicungunya, dengue, febre amarela, HIV e muitos outros que atingem a população”, comentou.

A coordenadora destacou ainda a grande capacidade de atendimento diário, uma vez que a coleta será descentralizada e distribuída nos postos de saúde.

Segundo Eliene Barreto, o número atenderá a demanda do município. “O laboratório terá capacidade para receber cerca de duas mil amostras por dia, o que garantirá o atendimento para todos que necessitarem de exames”, frisou.

O secretário de Saúde de Luís Eduardo Magalhães, Felipe Melhem, participou das atividades e garantiu que, além de ampliar o atendimento à população, o Lacen vai reduzir custos de forma significativa para os cofres públicos.

“As verbas utilizadas hoje para pagar a prestação de serviços em unidades conveniadas serão investidas em outras demandas da saúde garantindo, assim, uma melhoria permanente no atendimento aos pacientes de Luís Eduardo Magalhães”, encerrou o secretário.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.