Escolas da Rede Municipal de ensino participam de Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, em Barreiras





Durante toda a sexta-feira (27), estudantes, professores e comunidade escolar dos municípios de Barreiras, Formosa do Rio Preto, Riachão das Neves, Luís Eduardo Magalhães, São Desidério, Cotegipe, Angical e Wanderley estão reunidos no Cetep, em Barreiras para dialogar sobre questões socioambientais, elaborar projeto de ação e escolher representantes que levem adiante as ideias acordadas. É a III Conferência Estadual Infantojuvenil pelo Meio Ambiente, que tem como tema “As escolas da Bahia cuidando das águas”.

“Atingir a juventude com temas sobre o meio ambiente e cuidar das águas é uma reflexão muito importante para a educação como um todo, é assumir atitudes pela conservação”, avaliou a secretária de Educação de Barreiras, Cátia Alencar ao participar do evento, compondo a mesa de abertura. Os participantes são jovens de 11 a 14 anos de idade que, previamente, formularam em suas escolas, propostas sobre o tema e que serão discutidos na etapa regional da conferência.

É o caso do aluno Renato André, do 9º ano da Escola Municipal Renato Gonçalves, que é um dos delegados que irá apresentar as propostas de Barreiras. A diretora da unidade escolar, Ermenísia Nogueira explica que o fato da escola estar próxima ao rio, práticas sustentáveis fazem parte do dia a dia dos estudantes. “Percebemos que com atitudes sustentáveis poderíamos resolver os problemas do desperdício, transformamos pneus em pufes, criamos hortas sustentáveis e agora, vamos fazer o replantio de árvores nas margens do rio”. Segundo ela, isso facilitou aos alunos participarem da conferência com propostas de mudança de atitudes.

Para dar suporte ao trabalho desenvolvido pelos alunos durante o dia, o coordenador de educação ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo de Barreiras, Ronaldo Ursulino fez uma palestra sobre o potencial hídrico do oeste baiano, abordando a preservação, e também, os danos que ações degradantes causam ao meio ambiente. “Nossa meta é mostrar a estes estudantes as práticas legais pela preservação ambiental, eles são os responsáveis pelo futuro de nossos rios e de todo o ecossistema”, disse.

Todas as propostas aprovadas durante o dia representarão o Oeste da Bahia na fase estadual da Conferência, que acontece de 07 a 09 de maio em Salvador, após esta etapa, as ideias formatadas representarão a Bahia na Conferência Nacional, em Brasília (DF), no período de 15 a 19 de junho.








Dircom/PMB

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.