Eleitores baianos com pendência junto a Justiça Eleitoral tem 30 dias para regularizar situação



Faltam exatos 30 dias para o término do prazo da regularização eleitoral e, na Bahia, quase 600 mil cidadãos ainda possuem algum tipo de pendência com a Justiça Eleitoral. O número também considera aqueles que tiveram seus títulos cancelados em razão do não comparecimento à revisão biométrica obrigatória, encerrada em 31 de janeiro em cerca de 50 municípios do estado. O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) alerta aos eleitores para que procurem postos ou cartórios da Justiça Eleitoral o quanto antes e evitem possíveis transtornos de “última hora”.

Nos primeiros 30 dias de regularização, completados no último dia 05 de abril, dos 916.378 eleitores com títulos cancelados, apenas 324.539 compareceram a um dos postos de atendimento do TRE no estado. Sendo assim, 591.839 cidadãos ainda precisam comparecer ao cartório da cidade onde vota e normalizar a situação.

Em Salvador, que teve ao final do recadastramento biométrico, em 31 de janeiro de 2018, um total de 321.549 títulos cancelados, apenas 101.739 eleitores regularizaram a situação em um dos 17 pontos de atendimentos localizados na capital.

Somente na sede do TRE-BA, 45.663 eleitores compareceram desde o dia 5 de março e resolveram pendências com a Justiça Eleitoral.

O prazo limite para a regularização eleitoral é 9 de maio de 2018. Após esta data, o cadastro eleitoral será fechado em todo país, em razão da realização das Eleições 2018.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.