Venezuela dá calote no Brasil e Tesouro Nacional assume pagamento de dívida


Venezuela dá calote no Brasil e Tesouro Nacional assume pagamento de dívida
Nicolás Maduro, presidente da Venezuela | Foto: Agência Sputnick

O governo da Venezuela deu calote no Brasil ao deixar de pagar R$ 901 milhões referentes a uma parcela vencida em janeiro de empréstimos feitos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). E, com isso, quem teve que arcar com a despesa foi o próprio governo brasileiro, que, por meio do BNDES, acionou o Fundo Garantidor de Exportações (FGE) para ressarcir a parcela. O FGE é um fundo do Tesouro Nacional ligado ao Ministério da Fazenda e tem como finalidade dar cobertura às garantias prestadas pela União nas operações de crédito à exportação. 

Segundo o BNDES, a Venezuela pagou desde 2002 mais de 50% do total de empréstimos concedidos pelo banco aos governos de Hugo Chávez e Nicolás Maduro - ou o equivalente a R$ 4,92 bilhões entre principal da dívida, juros e encargos financeiros. No entanto, o país ainda deve para o banco público brasileiro o equivalente a R$ 3,15 bilhões. Segundo o site Uol, destes, R$ 2,36 bilhões referentes a apenas obras de empreiteiras brasileiras no país, mais de 90% delas tocadas por empresas envolvidas na Operação Lava Jato. 

Bahia Notícias

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.