Oziel Oliveira assegura reajuste acima do piso nacional para professores municipais


O prefeito Oziel Oliveira garantiu o reajuste de 7% para os professores de Luís Eduardo Magalhães durante reunião com representantes da categoria na sala de reuniões do Gabinete do gestor. O percentual é maior do que os 6,81% autorizados pelo Governo Federal para 2018.


O piso nacional do magistério passará a ser de R$ 2.455,35 para jornada de 40 horas semanais. Em Luís Eduardo Magalhães, o salário dos professores será maior do que o concedido pelo Governo Federal.


Segundo explicou o secretário municipal de Administração e Finanças, Ricardo Knupp, o índice foi proposto após um rigoroso estudo feito pela equipe da secretaria para que o volume de salários não ultrapasse a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).


“O governo municipal é parceiro dos servidores públicos. Incluindo, claro, os professores. Mas temos compromisso com a Lei de Responsabilidade Fiscal”, explicou o secretário.


Já o prefeito apresentou todo o cenário da Educação municipal que recebeu investimentos e melhorias desde 2017, tanto na parte estrutural, como de equipamentos, como aquisição de mesas e carteiras, reformas e adequações nas unidades escolares, por exemplo. Para os próximos dias, mais escolas serão beneficiadas.


O secretário municipal de Educação, Leandro dos Santos, disse que a Prefeitura trabalha com o Fundeb de 2017, porém com uma estrutura maior. “Em 2018, o número de alunos foi ampliado em mais 2.500 novas matrículas. Por isso nossa responsabilidade nessa equação que envolve também o necessário reajuste dos professores”, frisou.


Oziel Oliveira falou também que só a categoria dos professores compromete 57% da folha de pagamento mensal. “Os números da Educação demandam atenção especial, pois cerca de 90% dos recursos do Fundeb já são utilizados. Recebemos a Prefeitura no limite dos seus gastos e temos que saber usar os poucos recursos que estão disponíveis em tempos de crise”, argumentou.


“Estamos usando o bom senso nessa proposta e esperamos continuar o ótimo relacionamento da Prefeitura com a categoria, afinal, um dos pontos mais importantes para a gestão é garantir educação de qualidade para as nossas crianças”, finalizou o prefeito.


A reunião também tratou de outros assuntos, seguindo pauta definida pelo Sindicato dos Professores de Luís Eduardo Magalhães (Sinprolem), todos sob avaliação da administração municipal.


Nesta quinta-feira, dia 15, o Sindicato realizará uma assembleia com a categoria, para avaliação da proposta de reajuste oferecida pelo município. A reivindicação inicial dos trabalhadores tinha sido de 10% de aumento. Diante da argumentação dos dados apresentados e dos índices de inflação e reajustes concedidos pelo governo federal, a expectativa é de que a categoria aprove o reajuste oferecido pela administração municipal.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.