Barreiras: Assistência Social promove Roda de Conversa sobre empoderamento e autonomia feminina no Mês da Mulher




Profissionais de saúde e assistência social se reuniram na Unidade de Saúde da Família Dr. Jaime Dias de Lima, nesta segunda-feira, 12, para uma roda de conversa sobre as ações que podem ser desenvolvidas em favor da proteção social, empoderamento e promoção da autonomia feminina. A programação do dia foi desenvolvida pelo Centro de Referência de Assistência Social – CRAS IV da Vila Brasil, e mediada pelas professoras da Universidade Federal do Oeste da Bahia – UFOB, Natália Medina e Tânia Kuhnen.
O encontro trouxe o debate sobre o perfil das famílias atendidas pelos CRAS, unidades e agentes de saúde, as políticas públicas de apoio às mulheres e como trabalhar no enfrentamento à opressão e violência contra a mulher. “Muitas vezes não entendemos porque as mulheres não saem desses relacionamentos abusivos. É preciso que ela encontre essa rede de suporte fortificada para ajudar a sair destas situações de risco”, disse a professora Natália Medina.
A interação entre as ações dos setores de assistência social e saúde foi considerada fundamental nos primeiros contatos com o público feminino em situação de vulnerabilidade. Segundo as agentes de saúde, as mulheres são orientadas a procurarem os CRAS em busca de aconselhamento e inclusão nos serviços oferecidos nas unidades.
“Muitas mulheres querem sair da situação de risco, mas não encontram apoio, esse é um momento de nós como profissionais, agentes públicos e cidadãs nos questionarmos sobre o nosso papel, o que podemos fazer e como devemos contribuir neste sentido”, disse a assistente social do CRAS IV, Pedrita de Souza.
Amanhã, 13, as atividades do mês da mulher seguem com palestras especiais no Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho e na Escola Juarez de Souza.





COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.