Abertas as inscrições para a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas


Estão abertas até o dia 2 de abril as ins­cri­ções para a 14ª edição da Olim­píada Bra­si­leira de Ma­te­má­tica das Es­colas Pú­blicas - OBMEP 2018. As ins­cri­ções podem ser feitas na pá­gina www.​obmep.​org.​br. Podem par­ti­cipar alunos do 6º ao 9º ano do En­sino Fun­da­mental e do En­sino Médio.

Na Bahia, 1250 es­colas foram ins­critas e 450 es­tu­dantes foram con­tem­plados com me­da­lhas e menção hon­rosa na úl­tima edição, ocor­rida em 2017.

Entre os es­tu­dantes da Bahia pre­mi­ados no ano pas­sado, des­taque para Dikson Fer­reira dos Santos, 15 anos, mo­rador do mu­ni­cípio de Araci (223 km de Sal­vador), que já re­cebeu a me­dalha de ouro em três edi­ções da OBMAP. Dickson é es­tu­dante do 3º ano do En­sino Médio por In­ter­me­di­ação Tec­no­ló­gica (EMITec) da rede es­ta­dual e já con­quistou 11 me­da­lhas em com­pe­ti­ções do gê­nero.

Outro es­tu­dante da rede es­ta­dual da Bahia me­da­lhista de ouro na edição pas­sada da OBMEP é Luan Ar­juna Fraga Ra­mires, de An­daraí. Luan já co­le­ciona quatro me­da­lhas de ouro e uma de prata nas Olim­píadas. Ele tem 16 anos e cursa o 2º ano do En­sino Médio no Co­légio Es­ta­dual Edgar Silva, lo­ca­li­zado em An­daraí (429 km de Sal­vador), e ex­plica que a OBMEP foi de­ci­siva para des­pertar seu in­te­resse pela dis­ci­plina. “Co­mecei a es­tudar Ma­te­má­tica por causa da OBMEP. Se não ti­vesse ga­nhado me­dalha ne­nhuma, pro­va­vel­mente, não me in­te­res­saria. Meu pri­meiro con­tato com a Ma­te­má­tica foi através de minha mãe, que sempre me in­cen­tivou e quem me apre­sentou a OBMEP”, disse.

O se­cre­tário da Edu­cação, Walter Pi­nheiro, des­taca que a con­quista de me­da­lhas re­flete a vo­cação dos es­tu­dantes para a Ma­te­má­tica. “São alunos que servem de exemplo para seus co­legas, mos­trando que é pos­sível al­cançar seus ob­je­tivos quando se tem foco e de­di­cação. Es­tamos in­ves­tindo, cada vez mais, no eixo pe­da­gó­gico das es­colas, para que elas es­ti­mulem a par­ti­ci­pação dos alunos em com­pe­ti­ções como esta, que torna a dis­ci­plina mais in­te­res­sante e lú­dica”, des­taca.

A 13ª edição da OBMEP bateu novo re­corde de es­colas (53.231), de 99,6% dos mu­ni­cí­pios bra­si­leiros. Dos 18,2 mi­lhões de es­tu­dantes ins­critos, 941 mil foram clas­si­fi­cados para a se­gunda fase da com­pe­tição – 903 mil de es­colas pú­blicas e 38 mil de par­ti­cu­lares.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.