Workshop esclarece dúvidas sobre compras públicas com empresários de Barreiras






Com o objetivo de orientar micro e pequenas empresas locais, a Prefeitura de Barreiras através do Programa Barreiras Investe por meio da Secretaria de Administração e Planejamento em parceria com Sebrae e CDL-Barreiras realizaram na tarde desta terça-feira, 20, o Workshop Política de Desenvolvimento Local.

Na abertura, ao lado do presidente da CDL-Barreiras, André Braga e do gerente regional do Sebrae, Emerson Cardoso, a secretária municipal de Administração e Planejamento, Versiany Roque falou da importância de discutir os procedimentos que permeiam as compras públicas, além dos procedimentos necessários para habilitação das microempresas nas licitações, pregões e demais compras da administração pública.

“Abrimos essa oportunidade de promover esse momento de informação e discussão com os agentes públicos e empresas, para que nossos empreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte, possam vender para instituições públicas. Em breve, estaremos abrindo licitações nas áreas de material esportivo, produtos para cesta básica e material de copa e cozinha, específicas para microempresas instaladas no município”, disse a secretária Versiany.

As orientações e informações acerca dos procedimentos e legislação, sobre como proceder em licitações, documentações e compras públicas foi conduzido pelo consultor Jair Santana da R. Santana Consultoria, graduado em Administração de Empresas, Direito e especialização em Mercado de Capitais, com experiência na área da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, Gestão Empresarial, Licitações Públicas, assessoria privada entre outras atividades.

O gerente regional do Sebrae, Emerson Cardoso, apontou o poder de compra das prefeituras da região, e a necessidade das empresas estarem regularizadas para concorrer e comercializar seus produtos com a Prefeitura Municipal, atendendo o que determina a legislação vigente.

"Precisamos cada vez mais estreitar essa relação entre o fornecedor e poder público. Os micro e pequenos empreendedores devem buscar a regularização, documentos necessários e ficarem atentos as oportunidades. Quando a prefeitura compra de empresários e produtores locais, gera um círculo virtuoso que incrementa a economia, isso é uma forma de gerar mais renda para a cidade", declarou Emerson.

Para o presidente da CDL, empresário André Braga, o que dificulta o
empresariado local de participar dos editais é a falta de informação sobre a funcionalidade das
licitações.

“Esse é um momento importante, que abre mais uma oportunidade no leque de negócios para nossos comerciantes. Estando em dia com as obrigações fiscais e trabalhistas, qualquer empresa, seja
grande ou pequena, pode disputar. Isso gera renda, e além de tudo amplia nosso comércio local, gerando também novos empregos”, enfatizou o presidente.



Além dos fornecedores, também participaram equipe interna da prefeitura dos setores de compra, licitação e jurídico.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.