Tradição do nazaro se mantém viva em Barreiras



Concentrados em frente ao Centro Cultural Rivelino Silva de Carvalho, os cultivadores da tradição do nazaro saíram pelas principais ruas do centro histórico de Barreiras mantendo viva a tradicional festa dos mascarados de branco, que encerra o carnaval sempre na noite da quarta-feira de cinzas.

Com o apoio da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer através da Diretoria de Cultura, a festa do nazaro atraiu a atenção de visitantes e moradores da cidade. Muitas crianças e jovens de várias idades participaram da festa que tem o objetivo de percorrer as ruas do centro históricojogando ovos, farinha de trigo e talco em quem encontrava em seu trajeto.

Desde 13 de setembro de 2017, através da Lei 1.266, a festa de nazaro foi reconhecida como Patrimônio Imaterial Cultural de Barreiras. Com gritos, como “nazaro morreu do peido que deu”, alguns moradores corriam entrando na brincadeira e outros se trancavam em suas casas para não correr o risco de serem atingidos pelos objetos jogados.

A Cootrans e a Polícia Militar seguiram o cortejo até o encerramento da festa com o intuito de evitar exageros e confusões. Segundo Emília Moreno, essa brincadeira faz parte também do carnaval, esse ano, o Barreiras Folia foi encerrado em grande estilo através dessa cultura folclórica.

“É uma brincadeira divertida e incentivamos os nossos jovens para continuar com essa festa que já é tradição em Barreiras. É uma atividade folclórica e que deve ser mantida sempre”, disse a Diretora de Cultura.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.