Inca informa que Brasil deve ter 600 mil novos casos de câncer em 2018


Inca informa que Brasil deve ter 600 mil novos casos de câncer em 2018
Foto: Divulgação
Para 2018, o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) prevê o diagnóstico de mais 600 mil novos casos de câncer no Brasil e outros 600 mil em 2019. Segundo informações da Agência Brasil, dos casos de câncer, cerca de "30% são considerados evitáveis", diz Ana Cristina Pinho Mendes, diretora-geral do Inca. "A redução do tabagismo diminuiu de maneira estatisticamente significativa a incidência de câncer de pulmão e de outros tipos de câncer. O tabagismo está relacionado a 16 tipos", explicou. A obesidade é outro fator de risco para o desenvolvimento da doença no intestino, o terceiro mais frequente entre as mulheres e o quarto mais frequente entre os homens. O consumo excessivo de álcool também deve ser evitado. O câncer de pele não melanoma, considerado um tumor menos letal que a média, é o mais frequente no país, com 165 mil dos 600 mil casos estimados de câncer. A prevenção a esse tipo de tumor é se proteger do sol, especialmente nos horários próximos de 12h, quando há mais calor, além do uso de protetor solar. No Norte e Nordeste o câncer de estômago tem uma incidência destacada por contra dos problemas de saneamento básico. Vale lembrar que o câncer de próstata e do câncer de mama, que são os tipos mais frequentes abaixo do câncer de pele não melanoma, podem ser identificados por exames de rotina.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.