Eleitores que não votaram no pleito de 2016 devem mais de R$98 milhões à Justiça Eleitoral


Eleitores que não votaram no pleito de 2016 devem mais de R$98 milhões à Justiça Eleitoral
Foto: Reprodução / MP-GO
Eleitores que não votaram nem justificaram a ausência no último pleito devem mais de R$98 milhões à Justiça Eleitoral. De acordo com o G1, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que apenas 3,6% dos 29 milhões de pessoas multadas na última eleição pagaram a taxa de R$3,51. No 1º turno de 2016, 22.811.470 eleitores foram multados por não votarem nem justificarem a ausência. Percentual mais alto dos últimos 10 anos, 15,57% dos eleitores aptos deixaram de votar ou justificar. No 2º turno de 2016, 6.270.655 eleitores estavam nessa situação. Para o advogado Francisco Emerenciano, o número de eleitores multados deve ser ainda maior nas eleições de 2018. “Se o interesse é na manutenção do sufrágio universal, da legalidade, em prol da democracia, o ideal é que se ampliem as penalidades [para quem não vota]. O eleitor sabe que não vai gerar nenhum problema, que se resolve com o pagamento de uma multa irrisória”, disse.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.