Barreiras: homem joga água quente na mulher após ela chegar em casa de madrugada e dormir na varanda



Um homem despejou um caldeirão com água quente na companheira, enquanto ela dormia na varanda de casa. O crime ocorreu no povoado do Acaba Vida, que fica na zona rural de Barreiras, no oeste da Bahia.

As queimaduras atingiram 20% do corpo da vítima. O acusado fugiu e não foi localizado até a publicação desta reportagem. De acordo com a Polícia Civil, a vítima de 22 anos, convivia com o primo, de 18 anos.

Informações preliminares apontam que ela chegou em casa na madrugada do domingo (18) e ele não abriu a porta. Pela manhã, enquanto ela dormia na varanda, ele abriu a porta e jogou um caldeirão com água quente sobre o rosto e o corpo da mulher.

O delegado Leonardo Mendes, que investiga o caso, disse que a vítima foi socorrida por vizinhos e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município de Luís Eduardo Magalhães. Lá mesmo ela foi ouvida pela polícia.

A identidade do acusado não foi revelada, segundo a polícia, para não atrapalhar as investigações. Desde março de 2017, já foram registrados, apenas em Luís Eduardo Magalhães, 180 casos de violência contra a mulher. Os dados são do Programa Borboleta, mantido pela prefeitura local.

"Essa é a função social do programa, dar esse suporte a essa mulher, nessa situação de violência. Que ela saia desse círculo vicioso, que é a violência doméstica. Não tenha medo. O mesmo medo que você tem de denunciar, você tem que ter muito mais de estar convivendo com uma pessoa que pode vir a te matar", disse a coordenadora do programa, Flávia Riskalla.

G1 Bahia

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.