Suspeitos de explodirem caixas eletrônicos no Oeste da Bahia são presos em Goiás



A Polícia Civil prendeu cinco suspeitos, entre 19 e 40 anos, de realizarem explosões em caixas eletrônicos de Goiás, Bahia e Piauí. A operação Má Vizinhança foi realizada em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal, onde os investigados moram. A corporação apreendeu com o grupo uma caminhonete roubada e uma arma de fogo de uso restrito.

O G1 não localizou a defesa dos presos para comentar o caso.

O delegado responsável pelo caso, Alex Vansconcelos, informou que o grupo é responsável, em Goiás, por duas explosões de caixas eletrônicos em Luziânia, Damianópolis e Bonfinópolis. Já na Bahia eles teriam atuado em ações do mesmo tipo em Cristópolis, São Desidério e Ibotirama. Enquanto, no Piauí, já teria cometido furto em Itaueira.

“Um dos membros conseguia os explosivos no Piauí. Em cada uma das cidades que eles iam atuar, eles encontravam alguém que podia dar informações sobre a rotina dos policiais e as melhores rotas de fuga. O líder da quadrilha sempre conseguia um carro roubado ou furtado para ser usado no dia da explosão. Depois, eles queimavam o veículo na zona rural de Luziânia”, explicou ao G1.

Ainda segundo o delegado, o grupo estava se preparando para realizar novo furto em uma agência bancária de Novo Gama. A Polícia Civil de Goiás já enviou para as polícias da Bahia e do Piauí informações sobre o grupo para que seja investigada atuação deles e comparsas nos estados.

Os cinco presos devem responder pelos crimes de furto qualificado, explosão, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, receptação e associação criminosa.

G1 BAHIA


COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.