Governo quer fazer 1,2 milhão de perícias em benefícios do INSS até fim do ano


Governo quer fazer 1,2 milhão de perícias em benefícios do INSS até fim do ano
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom
O governo federal pretende fazer 1,2 milhão de perícias em benefícios do Insituto Nacional do Seguro Social (INSS). O prazo para cumprir esta meta é o final de 2018, de acordo com o ministro interino do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame. A verificação no pagamento dos auxílios-doença e das aposentadorias por invalidez foi anunciada em 2016. Até dezembro do ano passado, 249,8 mil benefícios foram vistoriados, resultando no cancelamento de 226,2 mil auxílios-doença. A economia gerada foi de R$ 5,7 bilhões. Ao G1, Beltrame disse que para atingir a meta deste ano, parte dos 3.864 peritos do INSS terão de aderir a uma nova forma de trabalho, levando em conta a produtividade: deverão fazer quatro perícias diária e se colocar à disposição de mutirões para quando o ministério julgar necessário. Os peritos terão até 30 dias para informar se querem aderir ao novo sistema. A perícia no benefício é feita em casos de beneficiários com menos de 60 anos de idade e que estão há pelo menos dois anos sem passar por perícia. Ficam de fora pessoas com mais de 60 anos e quem tem 55 anos, mas recebe o benefício há pelo menos 15 anos.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.