TCM aprova com ressalvas contas de 2016 de ACM Neto


TCM aprova com ressalvas contas de 2016 de ACM Neto
Foto: Divulgação/ PMS
O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) aprovou com ressalvas, nesta quinta-feira (21), as contas da prefeitura de Salvador no exercício de 2016. Apesar de não ter encontrado ilegalidades que justificassem aplicação de multa ao prefeito ACM Neto (DEM), o relator do parecer, conselheiro Mário Negromonte, apontou irregularidades em contratos firmados pela prefeitura com as empresas Barra Construção, Projeto e Serviços, Metro Engenharia e Consultoria, Construtora BSM, Rocle Serviços, Construtora Jotagê e Soul Eventos. Segundo o relator, elas não se aplicam no rol de serviços de natureza contínua, algo que não justifica os aditivos feitos nos contratos. As irregularidades já estão sendo investigadas pelo Ministério Público de Contas. O acompanhamento da execução orçamentária registrou irregularidades na contratação de instituições prestadoras de serviços de saúde que atuam no gerenciamento e execução de serviços no Multicentro de Saúde Liberdade, bem como no gerenciamento complementar das Unidades de Pronto Atendimento – UPA 24H de Paripe, Pirajá, Adroaldo Albergaria, San Martin, Edilson Teixeira. Além disso, foram encontrados problemas em contratos celebrados com o Instituto de Gestão e Humanização, o Instituto Médico Cardiológico da Bahia, o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento da Administração, o Instituto Médico de Gestão Integrada, o Instituto Nac. Amp. À Pesquisa Tec Ino e Saúde e a Pro-Saúde A.B de Assist. Soc. e Hospitalar. Negromonte também constatou uma redução nas despesas do município com publicidade e propaganda.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.