Secretaria de Assistência Social de São Desidério apresenta, avalia e planeja políticas públicas em audiência


A Secretaria de Assistência Social (SAS) de São Desidério realizou na noite de ontem, 12, uma audiência pública para apresentar e avaliar as ações desenvolvidas no setor neste ano, e explanar o planejamento da rede socioassistencial para 2018. O evento foi realizado no Centro Cultural e contou com a presença de representantes políticos, usuários dos serviços da SAS, servidores públicos e comunidade em geral.

“Nosso trabalho é realizado com total transparência, por isso estamos mostrando à comunidade o que foi desenvolvido neste ano, são muitas ações importantes que têm beneficiado centenas de pessoas por meio dos projetos e programas, parabenizo ás equipes da SAS pelo empenho em fazer o melhor pelo povo de nosso município e muito ainda será feito”, ressalta a secretária da SAS, Vandreia Mendes.

É o que confirma a usuária dos serviços do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), Zildete Dias. “Sinto-me muito bem acolhida no CRAS, participo de um grupo de mulheres e sinto que o trabalho lá é feito com muito amor, estão todos de parabéns”, comemora.

Programas importantes foram destacados, a exemplo do Casa Bela que neste ano iniciou a construção de 44 casas populares na zona rural, muitas já entregues às famílias. Outras conquistas no setor também foram comemoradas como a rearticulação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), a criação do Espaço para o Serviço de Convivência do Bairro Alto do Cristo, a complementação da equipe do Centro de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS).

“Além de todas as ações diárias, esse ano a meta também foi organizar os trabalhos e desconstruir a ideia de assistencialismo, mostrando que a Assistência Social é para quem dela realmente precisa e que a maioria dos benefícios é eventual e não vitalício”, explica o assessor técnico da SAS, Eric Gamaliel.

No evento também foram apresentados os dados prévios do Diagnóstico Socioterritorial do município, realizada de março a início de dezembro. A partir de agora as informações serão compiladas no Sistema Municipal de Vigilância Socioassistencial (SIMVIS) em implantação no setor.

“São Desidério é um município de grande extensão territorial que apresenta muitos casos de famílias em vulnerabilidade e risco social, temos muitos desafios e estamos lutando pra sanar os problemas de acordo com as prioridades”, assegura o prefeito, Zé Carlos.

O prefeito anunciou que para 2018 serão construídas 100 casas populares, a sede do Espaço para o Serviço de Convivência do Bairro Alto do Cristo e um ginásio esportivo no mesmo bairro.






COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.