Faxineira brasileira é morta a pauladas no Havaí



Duas pessoas foram acusadas neste sábado (9) pela polícia dos Estados Unidos de envolvimento no assassinato da brasileira Telma Boinville, 51 anos, que aconteceu na ilha de Oahu, no Estado do Havaí, informou o jornal local Honolulu Star-Advertiser.

De acordo com a publicação, Stephen Brown, 23, e a namorada, Hailey Dandurand, 20, foram presos na quinta-feira (7) e acusados de homicídio em segundo grau - quando há intenção de matar, mas o crime não foi premeditado.

Brown também foi acusado de roubo, sequestro e posse não autorizada de informações pessoais confidenciais. A fiança para ele foi estabelecida em US$ 1 milhão, e, para a namorada, em US$ 500 mil.

A vítima foi encontrada morta na quinta, na casa onde trabalhava como faxineira. Sua filha de oito anos foi amarrada no andar superior da residência. O marido de Boinville, Kevin Emery, disse à imprensa local que a mulher foi sufocada e espancada com um taco de beisebol.

Segundo ele, os criminosos também levaram a bolsa e o carro da vítima, uma picape Toyota Tacoma. A filha identificou os suspeitos depois que o pai lhe mostrou imagens dos dois no Facebook, ainda segundo informações do Honolulu Star-Advertiser. Brown já havia sido acusado anteriormente este ano por agressão contra uma ex-namorada.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.