Barreiras: Taxista é achado morto após atender corrida; colegas protestam




Um taxista, de 37 anos, foi encontrado morto na zona rural de Barreiras, na Bacia do Rio Grande, oeste baiano, depois de sair para uma corrida. A vítima, José Airton da Silva, foi enterrado nesta terça-feira (19) na cidade de Angical, na mesma região. A Polícia suspeita de latrocínio, roubo seguido de morte. Segundo o G1, o corpo do taxista foi localizado na manhã da segunda-feira (18). Antes do enterro, ainda em Barreiras, cerca de 80 taxistas fizeram um protesto, que percorreu as ruas da cidade. Os manifestantes cobraram mais segurança e punição para os acusados de matar o taxista. Ainda segundo o site, colegas de José Airton disseram que a vítima foi vista pela última vez no domingo (17) em frente à Feira Livre de Barreiras, quando três homens pediram uma corrida.

COMPARTILHAR

Publicado por:

Anterior
Proxima
Os comentários publicados aqui por você, são de sua inteira responsabilidade.